Notícias

21
maio 2013

Formas de Pagamento – O que é preciso analisar na escolha?

tit_formas-de-pagamento

Leia o conteúdo completo >

Receber pelos pedidos enviados não será um problema para sua loja virtual, porém a decisão de qual forma utilizar não pode ser apenas com base em taxas ou preferências.

Você já deve estar familiarizado com os termos intermediários e gateways de pagamento, certo? Não vamos entrar nestes detalhes neste post, mas apenas para situar, os intermediários são empresas como PagSeguro, Moip e Paypal, e os gateways, são empresas que desenvolvem soluções de pagamento que integram, por exemplo, os pagamentos com a administradora do cartão de crédito. Algumas plataformas de e-commerce já possuem um gateway integrado, em outras, você deverá contratar a parte. Uma informação importante é que no primeiro caso, você não precisará se afiliar as bandeiras de cartão de crédito, no segundo caso sim.

Bom, com base neste brevíssimo resumo (você encontra mais detalhes sobre pagamentos aqui mesmo no portal do e-Commerce Brasil), vou te ajudar a levantar as principais variáveis que é importante analisar antes de escolher qual dessas formas de pagamento você disponibilizará em sua loja virtual.

- Prazo de Recebimento x Parcelamento

Parcelar em 12x é sem dúvida um diferencial importante em qualquer negócio, mas será que você tem fluxo de caixa para receber uma venda realizada hoje, só no ano que vem? Tenha bem claro o impacto que o parcelamento terá sobre seu fluxo de caixa, e conseqüentemente a saúde financeira do seu negócio. Intermediários de pagamento adiantam o pagamento (alguns te pagam em minutos, outros em alguns poucos dias), e podem ser uma boa opção para pequenas empresas. Porém, neste caso, o parcelamento é com juros e as taxas bem superiores (será que seu cliente está disposto a pagar juros para parcelar seu pedido?).

– Riscos de Fraude x Prazos de Aprovação x Cancelamentos

Ao trabalhar diretamente com as administradoras de cartão de crédito (através ou não de gateways), o risco da fraude é do lojista. Neste caso há diversas empresas que prestam um serviço de análises de risco. Alguns serviços são gratuitos, e outros, mais avançados, são cobrados. Considere esse custo adicional no seu planejamento, pois com certeza será necessário. No caso dos intermediários, estes garantem a venda, o que te dá uma segurança maior. Ao mesmo tempo, algumas dessas empresas demoram algum tempo para analisar esses pedidos, enquanto que no pagamento direto a resposta é imediata.

Outro fator que deve ser analisado é o grau de cancelamento de cada uma das empresas. Por garantir a venda, algumas empresas recusam pedidos que poderiam ser bons, pelo fato de apresentar algum risco. Perder qualquer venda é crucial para o pequeno empreendedor, assim como as fraudes podem causar o fechamento de uma loja virtual.

- Credibilidade da Empresa X Credibilidade do Fornecedor

Apesar dos números melhorarem a cada ano, a insegurança na internet ainda existe, e muitos clientes ainda têm receio de colocar os dados do cartão de crédito em um site novo ou desconhecido. Neste caso, os intermediários podem ser uma ótima solução, desde que este internauta já o tenha utilizado em outra oportunidade. Ao mesmo tempo, alguns clientes também não se sentem a vontade de informando seus dados para estes intermediários e preferem comprar diretamente pelas bandeiras de cartão de crédito, cuja credibilidade é inegável.

- Taxas

Por fim, claro, as taxas. É importante negociar e procurar as melhores taxas para o seu negócio. Importante considerar o que envolve cada taxa, não analise apenas os números, mas sim todo o serviço envolvido. No caso dos intermediários, além da porcentagem sobre a transação, há outras taxas envolvidas, como a tarifas para saque do crédito, por exemplo. Pesquise e tenha claro todos os custos envolvidos em cada um deles.

Como vocês podem ver, as variáveis são muitas. Em cada uma das soluções há vantagens e desvantagens, o importante é você entender como cada uma delas interferirá no seu negócio.

Estude-as de forma detalhada e não se esqueça de incluir essas avaliações em seu plano de negócios.

Tagged with: , , , , , , , , , ,
No Comments

Comments are closed.